terça-feira, 28 de julho de 2009

Mercado Pet cresce e lança produtos e serviços diferenciados

Cães e gatos deixaram de ser apenas animais de estimação há um bom tempo e passaram a ocupar um lugar de destaque na família.

O consumidor está disposto a oferecer mais do que alimentação e saúde para seus bichinhos. Hoje, existem empresas que oferecem tratamentos como escova de chocolate, cauterização, chapinha e ofurô para os donos que querem ver seus cães na moda.

A crise de ansiedade causada pelos animais que precisam viajar no compartimento de bagagens dos aviões acabou, pelo menos nos Estados Unidos, onde, a partir de julho 2009, uma nova companhia aérea vai oferecer vôos confortáveis para os bichinhos de estimação.
Trata-se da Pet Airways, primeira companhia aérea com espaço para quatro pernas, que deve começar a operar com uma frota de 20 aeronaves - Falcon 20, Convair 580, Convair 5800 e B727-100. As rotas iniciais ligarão Nova York, Washington D.C., Chicago, Denver e Los Angeles em voos costa-a-costa.

Além de um “clube de benefícios” e outras regalias, os bichinhos farão check-in num “Pet Lounge” e, durante todo o percurso, na cabine principal (ainda com classe única de serviço), terão suas necessidades atendidas por “Pet Attendants” especialmente treinados. Os donos poderão monitorar os horários de chegada através de e-mails e mensagens de textos que serão enviadas pela companhia - futuramente poderão acompanhar toda a viagem pela internet. As tarifas iniciais estão fixadas em US$ 149 por trecho, mas variam conforme a distância da viagem e o porte do “passageiro”. As vendas pela internet ainda não estão abertas - e não há ainda informações sobre sistemas alternativos de distribuição (GPetsDS?) ou sobre programa de viajante frequente...

Veja vídeo no YouTube:



http://www.youtube.com/watch?v=sc2lvz1LGTc

2 comentários:

Sandra Klinke disse...

Gostei da afirmação deles: seu animalzinho não é uma bagagem, mas um passageiro :-)

Fabricio Massa disse...

É sensacional como este mercado vem tomando proporcões inimagináveis. Estes animais de estimação fazem bem às pessoas! Abraços, Fabricio